Bem vindo ao blog

twitter orkut facebook youtube

Canal Stetsom - Repel Loja de Som e Acessrios Automotivos

29
jul

http://blog.repel.com.br/wp-content/uploads/2014/07/img_3-300x148.jpgShare on Facebook+1Share on MyspacePin it on Pinterest
25
jun

http://blog.repel.com.br/wp-content/uploads/2014/06/banner-taramps-controle-300x114.jpgShare on Facebook+1Share on MyspacePin it on Pinterest
24
jun

http://blog.repel.com.br/wp-content/uploads/2014/06/vscolors-300x207.jpgShare on Facebook+1Share on MyspacePin it on Pinterest
03
jan

O amplificador é um equipamento eletrônico usado quando se precisa aumentar a intensidade de sinais muito fracos, para sinais mais fortes. É como pegar uma pequena quantidade de energia para controlar uma quantidade maior de energia das antenas, de microfone, instrumentos musicais e outros.

Amplificador a Válvulas

Os amplificadores também são utilizados quando se precisa de sinais potentes de saída, como transmissores, aparelhos de áudio, etc. E também em etapas intermediárias, para levantar os sinais a níveis adequados para fases do ciclo.

O subwoofer é um importante aliado para os amplificadores. O subwoofer é a caixa responsável pela reprodução de sons graves, ou seja, é ele quem faz com eu os sons mais pesados, fique ainda mais realista.  Quando tem um amplificador incorporado, melhora ainda mais o sistema do subwoofer, uma vez que o controle dos graves passa a ser independentemente das outras frequências.

Existem diversos tipos de amplificadores, principalmente quando os assuntos são os instrumentos musicais. Além disso, cada tipo de música ou estilo musical vai pedir um amplificador diferenciado. É muito difícil falar exatamente qual o melhor amplificador para cada tipo de instrumento musical, pois isso varia de acordo com o estilo.

Os amplificadores de áudio têm personalidade sonora própria, ou seja, cada fabricante e modelo têm uma curva de freqüência especifica que altera consideravelmente o som do instrumento.

A amplificação do sinal é a fase mais importante para o funcionamento de qualquer amplificador de guitarra. Um amplificador de guitarra pequeno ficará bem se o músico estiver usando uma guitarra em uma banda de jazz, por exemplo. O exercício de entrada do amplificador de guitarra aceita o sinal de entrada a partir do pré-amplificador de guitarra ou diretamente de guitarra é média em watts.

Como para os outros instrumentos, os amplificadores para teclados também são variados. O Staner KS-150 é um modelo de fabricação simples e objetiva. O Roland KC-100 é o exemplo de linha no que se refere a amplificadores. Já o Marshall é um tipo de amplificador para todos os gostos, bolsos e estilos.

Já o baixo ou contrabaixo até podem ser ouvidos sem os amplificadores, porém o som fica muito baixo. Portanto o amplificador para baixo é necessário, principalmente quando existe a necessidade de tocar em um ensaio ou qualquer outro lugar onde você não esteja sozinho.

E por fim, é importante que antes de comprar qualquer amplificador, certifique-se de testar o amplificador na loja.

http://blog.repel.com.br/wp-content/uploads/2012/01/amplificadores_de_som-300x297.jpgShare on Facebook+1Share on MyspacePin it on Pinterest
07
nov

Cubo para Guitarra - Amplificador para Guitarras, Violão e Baixos

 

A guitarra é um nome genérico de uma família de instrumentos musicais de cordas dedilhas, ou cordofones, que possuem normalmente de 6 a 12 cordas tencionadas ao longo do instrumento. A guitarra, bem como a maior parte dos instrumentos de cordas são construídas pelo luthier (profissional especializado na construção e no reparo de instrumentos de corda)

O profissional da música que executa a guitarra é chamado de guitarrista. No caso de guitarras acústicas, o músico é chamado no Brasil de violonista. Popularmente esta designação só é utilizada para a guitarra elétrica,violão - nome pelo qual a guitarra acústica é conhecida no Brasil, guitarra portuguesa, o ukelele ou guitarrahavaiana e o baixo ou guitarra baixo.

Nas versões acústicas possuem caixa de ressonância e elétricas, que pode ou não possuir caixa de ressonância, mas utilizam captadores e amplificadores para aumentar a intensidade sonora do instrumento.

Para os guitarristas, escolher o amplificador ideal é tão importante para a composição do timbre quanto à própria guitarra. Cada modelo tem uma personalidade e vocação diferente, a escolha acertada do tipo de amplificador para cada situação é fundamental para obtenção dos resultados esperados. Porém, diante de tantas opções disponíveis no mercado, decidir qual comprar passou a ser algo complicado, por isso, abaixo algumas dicas.

Amplificador de Guitarra GT200 - a linha Stage Dragon dá início a uma era de amplificadores que trazem um design inovador, para tribos arrojadas que definem o palco como o seu território. Potência: 140 W RMS ; saída de pré; controle de volume; 3 bandas de equalização; distorção com controles depth e level; saída externa para caixa acústica; 1 alto-falante STANER de 15″ 4 Ohms ; Alimentação: 127 / 220 Volts 50 / 60 Hz.

Amplificador de Guitarra GW15 - possui alto falante 8″; canal clean e over driver; potência 15W Rms; conexão P-10; voltagem: bivolt.

Amplificador de Guitarra MV15102 – contêm canais (Normal-Drive); equalização 3 Vias (Bass, Treble, Middle); potência 15Watts Rms e conexões: P-10.

Amplificador Ocg100 - foi projetado dentro do que há de mais rigoroso e atual em componentes, medições e testes em áudio. Seu dissipador é superdimensionado, podendo atuar em locais de trabalho com temperatura ambiente elevadíssima.

E por último o Amplificador de Guitarra Viper 8 - este amplificador de guitarra reúne excelentes características timbrais com Overdrive e extrema presença e corpo. Seu visual retrô e o acabamento preto fosco em courvin texturizado promovem um estilo único e ousado.

http://blog.repel.com.br/wp-content/uploads/2011/11/cubo_para_guitarra.jpgShare on Facebook+1Share on MyspacePin it on Pinterest